Dicas de Viagem,  Mendoza,  Viaja Comigo!

Mendoza além do vinho

Esta semana estou falando sobre experiência de viagem e hoje em específico sobre abrir a mente para destinos e enxergar além do óbvio pois alguns lugares possuem nos remetem a atividades específicas e as vezes nem sabemos o que mais podemos fazer por lá.

Então achei que valia um post completo aqui sobre o que achei da minha viagem para Mendoza.

Quem me conhece sabe que eu não bebo bebida alcóolica. Nada contra quem bebe e inclusive eu sempre sou a motorista da rodada mas eu simplesmente não gosto do gosto do álcool. Mas nem por isso deixei de aproveitar a viagem a Mendoza apesar de ter muitos passeios para vinícolas pois a região é muito conhecida por isso.

Eu sou muito curiosa sobre assuntos diferentes mesmo que seja uma coisa que eu não faça. Então aprender sobre o processo de fabricação do vinho foi algo que achei super interessante! E passei a entender melhor a Enologia – Ciência que estuda tudo o que está relacionado com a produção e conservação de vinho, desde o plantio, escolha do solo, vindima, produção, envelhecimento, engarrafamento e venda – e porque existe todo aquele processo de “girar” a bebida dentro da taça para sentir o aroma, tipos de garrafa, tipos de uva, solo e afins. Um mundo novo pra mim! hehe Mas que achei muito interessante.

Mas além das bodegas tem outras experiências por lá e um bom planejamento é o diferencial para aproveitar a viagem e ter experiências diferenciadas.

Bodegas além do vinho

Todo mundo acha que vai andar pelas parreiras e beber vinho apenas mas as bodegas oferecem muito mais do que isso em Mendoza.

O Belasco de Baquedano é uma bodega muito bonita e foi um tour muito interessante para conhecer o processo de produção do vinho. Eles tem uma área parecida com um museu onde tem exemplos do solo para mostrar como ele influencia no sabor, mostra o processo de fabricação da rolha, tipos de grãos e um monte de coisas que eu nem imaginava como funcionava!

Outra coisa fenomenal de Mendoza é a gastronomia. Em todos tivemos um tour com alguma refeição inclusa, neste foi o almoço. A gastronomia deles é super refinada e sempre harmonizada com os vinhos da casa.

Turismo de Aventura

Muitas pessoas não pensam nessa possibilidade em Mendoza mas eles tem lugares incríveis para esse tipo de atividade.

Na Argentina Rafting você pode fazer trekking, tirolesa, stand-up paddle ou outras mais de 10 atividades que eles possuem além de ter uma ótima estrutura para quem quiser aguardar outra pessoa que está fazendo alguma atividade. O restaurante deles tem um churrasco inesquecível, não é a toa que argentino se gaba pela carne. Eles tem toda razão! rs

Infelizmente estava frio demais pra fazer a maioria das atividades. Mesmo com medo eu até queria me arriscar a ir na tirolesa mas era tanto frio que aquele vento iria me dar sinusite e eu desisti de ir para não estragar o resto da viagem. Para esse tipo de atividade vá no verão.

É ótimo para quem gosta desse tipo de turismo e para quem vai com adolescente que não vai aproveitar as bodegas mas vai adorar ter essa experiência diferente que inclusive toda a família – ou grupo de amigos – pode fazer juntos.

Além do mais o lugar é lindo, super perto da cordilheira, altamente instagramável – para quem tem habilidades para tal hahaha.

Encontro de Ferraristas

Quando visitamos a Bodega Andeluna presenciamos um encontro de Ferraristas – encontro de proprietários de Ferrari – vários países fazem esse encontro.

Quem gosta de carro fica maravilhado de poder ver tantas Ferraris ao mesmo tempo e vira o ponto alto da viagem. É claro que não dá pra saber exatamente quando vai poder ver esse tipo de evento mas as bodegas fazem muitos eventos diferentes e você pode estar por lá bem na época de algum. Acaba virando um ponto importante na viagem.

Em 2018 quando estava em Orlando estava tendo uma competição de líderes de torcida e foi super divertido vê-las pelos parques ensaiando, gravando vídeos.

Essas experiências podem ser especiais para algumas pessoas. As vezes é uma forma de você convencer alguém a ir em algum lugar e mudar o conceito dela sobre aquele destino ressignificando a viagem com algo que agrade à ela.

Ah! Essa Bodega era bem bonitinha também.

Hotéis Diferenciados

Se você gosta de um bom hotel precisa conhecer Mendoza.

Além de ter hospedagem de rede – como o Sheraton – na cidade e com preços acessíveis, na região das vinícolas tem hotéis lindíssimos, super diferenciados, excelente para momentos românticos, para quem quer dias de relaxamento ou hotéis com atividades.

O The Vines Spa foi o hotel que achei mais incrível. A vista dele para a Cordilheira era de tirar o fôlego! E as acomodações são chalés de luxo, afastados um dos outros com estrutura para um casal ou uma família.

Eles possuem uma vinícola própria e uma das atividades é poder ajudar a produzir um vinho, amassando a uva entre outros processos.

Eles também fazem atividades a noite como jantares com churrasco fogo de chão.

Bom, as fotos falam por si só.

O Cavas Wine Lodge é um hotel de luxo que também fica no meio da vinícola que inclusive é diferente das outras pois as parreiras são altas.

O atendimento é super amigável, parece que você está sendo recebido na casa de alguém. As instalações de área comum também lembram uma grande casa.

Dentre várias atividades que o hotel oferece a que achei mais legal foi poder andar de bicicleta ou à cavalo pela vinícola. E na época que fui (em 2012) se você se perdesse entre as parreiras um labrador lindo ía te buscar. Eles realmente se preocupam em oferecer atividades de lazer, de relaxamento mas de forma muito amigável.

Um excelente lugar para eventos tipo proposta de casamento ou pequenos casamentos.

A gastronomia

Se você gosta de comer bem vai amar Mendoza!

Tive oportunidade de tomar café, almoçar e jantar em lugares distintos – tanto hotéis como vinícolas – e não teve um lugar onde eu não gostasse da refeição.

Como falei lá em cima, Argentino tem razão em se gabar pela carne pois realmente são divinas! Mas tem opções para todos os gostos e a gastronomia é bem refinada. Nos hotéis é possível ter uma culinária mais internacional já que recebem hóspedes do mundo todo.

Como falei no início do post eu não bebo então não tenho tanto paladar para a harmonização da comida com o vinho mas mesmo assim em alguns lugares foi possível perceber como as coisas harmonizavam. E Mendoza além de grande produtor de vinho também produz azeite!

Gente, os azeites… ahhh os azeites… são maravilhosos! Ainda tivemos uma aula de degustação de azeite com nosso guia em um dos restaurantes que nos deram várias opções para experimentar. Ele foi falando sobre como harmonizar, sobre o sabor de cada um, foi incrível. Pra mim o ponto alto!

E é claro que eu trouxe azeite. Aliás comprar coisas lá foi bem barato. Os azeites eram bem baratos e os vinhos pelo que o pessoal falou comprou por R$ 11 a 15 vinhos que aqui custavam entre R$ 40 e 50. Mas lembrando que fui em 2012 e pode ter mudado essa questão dos valores.

Uma coisa legal que aconteceu nessa viagem também foi que conhecemos uma pessoa que estava viajando sozinha. meu grupo estava parado numa da salas de um hotel e ela se aproximou e começou a conversar comigo e com outras pessoas que estavam no meu grupo.

Nos contou que sempre quis viajar pelo mundo mas que tinha medo de ir sozinha e nunca tinha companhia pra ir pois ou as pessoas não tinham dinheiro ou não tinham tempo para acompanhá-la. Foi então que ela decidiu viajar sozinha! Falou que cansou de esperar por alguém para fazer algo que ELA queria fazer. E começou a jornada dela. Uma pessoa super gente boa! Passou o dia conosco, almoçou com meu grupo e no final nos separamos e ela foi continuar a viagem dela.

Fiz questão de contar essa história pois companhia é algo que algumas pessoas usam como desculpa para não viajar. Mas quanto tempo você vai ficar esperando alguém fazer por você algo que é da SUA VONTADE?

Muitas pessoas viajam sozinhas e fazem amigos pelo mundo. As vezes dura uma vida as vezes dura um almoço – como foi ela conosco. Pense nas pessoas incríveis que você pode conhecer por aí e nas experiências que terá lembranças para o resto da vida.

Bom, espero ter mostrado um pouco mais do que Mendoza tem a oferecer e que você tenha ficado com vontade de conhecer! Ou até mesmo tenha achado um motivo que possa animar alguém a ir a Argentina. Ou que tenha se animado a ir sozinha (o)!

Agora me conta, já teve algum lugar que você foi e não esperava gostar tanto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.